quinta-feira, 14 de abril de 2011

Aquecimento Global: questão de educação e respeito?



Não demorou muito para gerar uma série de discussões sobre o aquecimento global, quando recentemente foi lançado na mídia que a “suposta” crise no meio ambiente seria uma farsa.

Obviamente quem ama contrariar teve seus 15, 20, 200 retweets de fama vindo de todos os lados, o que nos leva a crer que muita gente ainda não faz idéia do que é viver em um mundo com mais de 6 bilhões de pessoas e que sim, independente de crise no ambiente ou não, precisa de uma reestruturação profunda nos hábitos de vida e desenvolvimento industrial.

Vai dizer que é uma delícia sentir aquela fumacinha preta no seu rosto saindo do caminhão do lado, enquanto você dirige? Ou que é absolutamente fascinante a cada chuva termos que correr ( ou melhor, nadar) até um local seguro simplesmente por que ninguém se preocupou em separar o lixo corretamente?

Vale a pena pensar sobre isso. O que você tem a dizer? A gente quer saber!

2 comentários:

carlos roberto disse...

A tese de que o aquecimento global seria uma farsa, defendida por uma minoria, é absurda, e isso vem sendo mostrado por fatos.

É claro que as mutações normais do Planeta não podem ser evitadas. Terremotos, furacões, tsunamis sempre aconteceram e vão continuar a acontecer.

Os estudiosos do clima mundial, e não eu, um leigo, é que afirmam que o aquecimento global está ocorrendo em função do aumento da emissão de gases poluentes, principalmente os derivados da queima de combustíveis fósseis (gasolina, diesel, etc), na atmosfera. Estes gases (ozônio, dióxido de carbono, metano, óxido nitroso e monóxido de carbono) formam uma camada de poluentes, de difícil dispersão, causando o famoso efeito estufa. Este fenômeno ocorre porque os gases absorvem grande parte da radiação infra-vermelha emitida pela Terra, dificultando a dispersão do calor.

O desmatamento e a queimada de florestas e matas também colabora para este processo. Os raios do Sol atingem o solo e irradiam calor na atmosfera. Como esta camada de poluentes dificulta a dispersão do calor, o resultado é o aumento da temperatura global. Embora este fenômeno ocorra de forma mais evidente nas grandes cidades, já se verifica suas conseqüências em nível global.

Acho que cada um fala o que quer, mas as evidências de que algo vai mal estão aí. Quem viver verá!

Tadeu disse...

O aquecimento global é um termo político, funciona apenas como uma simplificação e é falho, pois dá a impresão de que todos os lugares do planeta estão passando por um aquecimento, quando na verdade o que existe é uma mudança climática global, alguns lugares esfriam outros esquentam uns sofrem com chuvas torrenciais outros seca.